Sinalização Vertical no IC9

Viamarca coloca Sinalização Vertical no Sublanço do IC 9 - Alburitel / Tomar (IC 3) – Sublanço Nó de Carregueiros / Tomar (IC 3)

A VIAMARCA, SA foi a responsável pelo fornecimento e colocação de toda a sinalização vertical e demais dispositivos de segurança no sublanço do IC 9 - Alburitel / Tomar (IC 3) – Sublanço Nó de Carregueiros / Tomar (IC 3).
 
O IC 9 desenvolve-se de Oeste para Este na zona centro do país, ligando Nazaré a Ponte de Sôr, atravessando a Beira Litoral, o Ribatejo e o Alto Alentejo, fazendo a ligação a auto-estradas, itinerários principais e complementares. Trata-se de uma via de importância fundamental para o desenvolvimento económico de toda a região de Tomar, pois permite que seja possível alcançar com maior facilidade o litoral de Portugal e respectivamente as cidades mais próximas, Ourém, Fátima e Leiria, complementando a actual ligação através do IC 3.
 
Com a conclusão deste sublanço do IC 9 será possível finalmente, desviar todo o tráfego de passagem do dentro da cidade de Tomar.
 
Com um valor de obra de € 260.000,00, a VIAMARCA orgulha-se de participar no desenvolvimento da região em que está inserida, dotando a via mencionada com o equipamento de sinalização e segurança adequado, contribuindo assim de forma decisiva para os objectivos estimados para esta nova ligação rodoviária, ou seja, uma diminuição de 38 por cento no tempo médio de percurso entre a Nazaré e Tomar e uma redução de 46 por cento na taxa de vítimas mortais e feridos graves.
 
A cerimónia de abertura ao tráfego do lanço entre Carregueiros e Tomar,  presidida pelo o secretário de Estado Adjunto, das Obras Públicas e das Comunicações, Paulo Campos, teve lugar no dia 29 de Abril de 2008, pelas 16:00, no nó do IC9 com o IC3.
 
 Características gerais da obra
 
 - O IC 9 – Alburitel / Tomar (IC 3) – Sublanço Nó de Carregueiros / Tomar (IC 3) foi adjudicado à Opway, S.A., e teve um investimento total de € 36 857 701,11 (c/ IVA).
 
 - Este lanço desenvolve-se no concelho de Tomar, numa orientação de Oeste / Este, possuindo uma extensão de 8.350 m, ficando compreendido entre a Ponte sobre a Ribeira da Carregueiros e o Nó do IC 3.
 
O lanço agora concluído apresenta as ligações desniveladas à rede viária nacional e está dotado dos seguintes perfis transversais tipo:
- 2 x 2 vias, numa extensão de aproximadamente 1,3 km, no troço compreendido, entre os km 0,000 e 1,300, (Nó de Carregueiros);  - 2 x 1 vias numa extensão de aproximadamente 2,275 km, entre os km 1,300 e 3,575, (entre o Nó de Carregueiros e a Passagem Inferior (PI) 4); - 2 x 2 vias numa extensão de cerca 4,775 km, entre a PI 4 e o Nó do IC 3.

Data da notícia: 5 Maio 2008